Saiba como emitir o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia

Publicado em 11/02/2019
Imagem retirada de http://sertaozinho.sp.gov.br/conteudo/saiba-como-emitir-o-certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia.html#.XGFkBKCnfcc
Imagem retirada de http://sertaozinho.sp.gov.br/conteudo/saiba-como-emitir-o-certificado-internacional-de-vacinacao-ou-profilaxia.html#.XGFkBKCnfcc

Se você pretende fazer uma viagem para o exterior, é bom ficar atento nesta informação: alguns países exigem o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia contra a Febre Amarela.

Sertãozinho realiza a emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), para residentes do município e do Distrito de Cruz das Posses; entretanto, é preciso da comprovação de endereço.

De acordo a Divisão de Vigilância Epidemiológica, a emissão do CIVP é gratuita e realizada somente com agendamento prévio. Confira abaixo o passo a passo para obter o seu certificado.

Como emitir o CIVP?
- 1º Passo – Tomar a vacina exigida.

O interessado pode obter a vacina gratuitamente em um posto de saúde do SUS. Caso já tenha tomado uma dose da vacina contra a Febre Amarela, independente do ano, não é necessária uma segunda dose como reforço.

É preciso verificar as seguintes informações na carteira de vacinas:
- Vacina aplicada (Febre Amarela);
- Lote da vacina;
- Data da aplicação;
- Nome completo e COREN de quem a aplicou, ou da enfermeira responsável pela sala de vacina;
- Identificação da unidade de saúde (CNES).

Caso não contenha essas informações na carteira de vacinas, é só procurar a sala onde a vacina foi aplicada.
A vacina contra Febre Amarela deve ser tomada com antecedência de, no mínimo, dez dias da data da viagem.

- 2º Passo - Realizar o pré-cadastro
Para agilizar a emissão do certificado, o interessado deve realizar um pré-cadastro no endereço https://viajante.anvisa.gov.br.

- 3º Passo – Comparecer ao estabelecimento que emitirá o CIVP
Para a emissão do CIVP, é indispensável a presença física do interessado, uma vez que, a emissão está condicionada à assinatura do viajante. O agendamento é realizado no próprio site da ANVISA, no final do cadastro.

- 4º Passo – Apresentar a documentação necessária para emissão do CIVP

- O interessado deve apresentar o cartão nacional de vacinação (com todos os dados citados no 1º Passo) e um documento de identidade original com foto;
- Apresentar comprovante de endereço de Sertãozinho.
- São aceitos como documentos de identidade a Carteira de Identidade (RG), o Passaporte e a Carteira de Motorista válida (CNH). A apresentação da certidão de nascimento é aceita para menores de 18 (dezoito) anos. Ressalta-se que, crianças a partir de nove meses já começam o esquema de vacinação;
- Apresentar comprovante de viagem (bilhete de avião, por exemplo) do país com exigência do CIVP.

Em caso de dúvidas, basta contatar a Divisão de Vigilância Epidemiológica, por meio do número 3945-7640. (Departamento de Comunicação PMS)

fonte: Prefeitura Municipal de Sertãozinho